Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


A importância do uso do frequencímetro

O coração é o músculo mais importante do seu corpo. Ele ajuda a informar a intensidade dos seus exercícios, o estado emocional e a velocidade com que você está utilizando as suas energias. Estes sinais  que o coração emite são chamados de frequência cardíaca, e a sua importância para qualquer um que pratique exercícios é a razão pela qual os monitores de frequência cardíaca sem fio foram desenvolvidos.

A frequência cardíaca representa o número de batimentos cardíacos em 1 minuto.

Treinar com um monitor é como possuir um treinador portátil e por tempo integral ligado ao seu corpo. Eles eliminam a incerteza da intensidade de treinamento e servem como excelentes guias para aqueles momentos em que você precisa avaliar precisamente sua performance e ajustar seu regime de treinamento.

Você conseguirá identificar reações que acontecem no seu corpo com a ajuda do monitor de frequência cardíaca, como o sub e super treinamento, velocidade, recuperação, fadiga, resistência. Relacionando a sua percepção com as situações de treinamento que o seu frequêncímetro está te dando você será capaz de seguir um programa de treinamento que fará sentido para o seu corpo.

Aqui vai algumas dicas que você precisa saber quando estiver usando o monitor de frequência cardíaca:

– Seu cinto torácico depende de uma certa quantidade de umidade para garantir a condutividade. Antes que você coloque o cinto em sua posição, umedeça o local onde os eletrodos estão em contato com a sua pele. Use água ou saliva.

– Se você estiver obtendo uma série de leituras erradas, verifique se o seu cinto está justo, o cinto frouxo pode ser a causa.

Teste Ergoespirométrico é um procedimento que avalia o desempenho físico máximo do paciente e mede a resposta de seu sistema cardiovascular, muscular e pulmonar à situações de esforço. São informações importantes para serem usadas nos programas de treino.

Existem cinco zonas diferentes de treinamento que correspondem a cinco diferentes níveis de intensidade de exercício. Todas essas zonas podem ser acompanhadas pelo o seu monitor de frequência cardíaca:

Zona L1 – 50 a 60% da FCMax (Zona das “grandes distâncias em ritmo lento”)

Zona L2 – 60 a 70% da FCMax (“Limiar de condicionamento aeróbico”)

Zona L3 – 70 a 80% da FCMax (Efeito treinamento, exaustão do corpo)

Zona L4 – 80 a 90% da FCMax (Nível “duro”)

Zona L5 – 90 a 100% da FCMax (Treinar no máximo)

Esperamos ter informado para vocês um pouco sobre o assunto!

Fonte: Sally Edwards

 

Compartilhe
Highslide for Wordpress Plugin