Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 29/07/2011 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Qual o melhor horário para treinar

Na hora de escolher o período do dia para fazer exercícios considere sua rotina de trabalho e estudo, suas preferências e seu relógio biológico.

Manhã, tarde ou noite? Qual o melhor horário para praticar exercícios? Segundo o cardiologista José Kawazoe Lazzoli*, até o momento não existem comprovações científicas que mostrem que um período do dia seja melhor do que outro quando o assunto é atividade física.

“Houve uma época em que se divulgou que, como o maior número de enfartos ocorria entre as 6 e 9 da manhã, este horário seria desaconselhável para malhar. Mas, na realidade, não existe um aumento na incidência de enfartos relacionados a exercícios físicos, portanto a hora é irrelevante “, explica ele.

O médico acredita que o mais importante – e que deve ser levado em consideração – no momento de escolher um espaço na agenda para ir a uma academia de ginástica, caminhar na rua ou correr no parque seja a rotina de trabalho e estudo e, claro, o gosto pessoal. Afinal, cada pessoa conhece seu relógio biológico como ninguém.

Há quem consiga acordar cedo e ainda ter disposição para levantar peso ou fazer exercícios aeróbios. Outros preferem reservar um tempinho pouco antes do almoço, à tarde (ótimo para quem tem flexibilidade de horário) ou à noite. Quem gosta de agito, costuma optar pela manhã ou noite, aproveitando assim para fazer um programa social, conversar com amigos e conhecer pessoas.

Essa escolha depende do ritmo individual, por isso é importante prestar atenção na maneira que seu corpo reage . Antes de decidir-se por um período do dia, pense nos seus compromissos e disponibilidade e experimente diversos horários, até encontrar o que mais tem a ver com o seu dia-a-dia.

“Para algumas pessoas, fazer exercícios à noite pode tirar o sono , especialmente quando a atividade física é intensa”, diz Lazzoli. Correr longas distâncias e fazer aula de spinning, por exemplo, aumentam consideravelmente os níveis de adrenalina no sangue, deixando a pessoa desperta por muitas horas e sem conseguir dormir.

Mesmo que o objetivo seja perder peso, o horário não interfere. “O que realmente conta é fazer um contínuo trabalho aeróbio (correr, caminhar, andar de bicicleta, nadar, remar) aliado a exercícios com peso (musculação, flexões de braços, pilates), que aumentam massa muscular e o metabolismo basal, fazendo com que o corpo continue a gastar energia mesmo depois de finalizado o exercício”, diz o cardiologista.

Além disso, Lazzoli cita a importância de se alimentar antes do exercício físico. “Fazer uma atividade física com o estômago vazio pode causar hipoglicemia. Além disso, como o corpo não tem combustível adequado , mesmo que a pessoa não passe mal, seu rendimento não será o mesmo”, garante ele.

Com estas informações em mãos, basta deixar a preguiça de lado e reservar um tempinho para dedicar à sua saúde e bem-estar. Vale o esforço!

*José Kawazoe Lazzoli, cardiologista, especialista em medicina do esporte. Presidente eleito da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte.

Consulte o nosso horário de treinos e veja em qual fica melhor pra ti!

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin