Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 27/12/2009 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Prova terá grande infraestrutura para garantir o conforto do corredor

São Paulo (SP) – A 85ª Corrida Internacional de São Silvestre, que será disputa mais uma vez no último dia do ano, em São Paulo, com transmissão pela Rede Globo e TV Gazeta, terá uma grande infraestrutura para dar suporte aos 20 mil atletas inscritos na prova mais importante da América Latina.

Somente pela organização do evento, por exemplo, 4.500 pessoas estarão trabalhando na montagem da estrutura necessária, nos postos de controle e segurança. A Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, CET e SPTrans contarão com 3.000 profissionais antes, durante e depois da prova. Entre médicos, enfermeiros e socorristas, 250 pessoas estarão auxiliando o evento, além de 15 ambulâncias móveis UTIs e médicos em motocicletas no percurso.

Serão montados 250 banheiros químicos na chegada, na largada e nos postos de controle, sem contar os 10 banheiros adaptados para os cadeirantes. Vão ser usados ainda 2.500 grades de proteção, 500 cones, 2.000 cavaletes, 10 mil metros de fitas e 150 faixas de trânsito.

Os 20 mil inscritos terão à disposição 450 mil copos de água, 50 mil kg de gelo, 20 mil garrafas de isotônico, 20 mil barras de cereal, 20 mil lanches e 20 mil medalhas de participação. Serão distribuídos ainda 20 mil kits, com camisetas, manual do atleta, número de peito e chip de cronometragem. No dia da prova, haverá uma área de 10 mil metros quadrados para servir de guarda-volume.

Maior tranquilidade no início – Pelo terceiro ano consecutivo, a São Silvestre oferecerá aos corredores uma facilidade importante no momento da largada. O Comitê Organizador indicará áreas de tempo conforme o ritmo de prova de cada atleta. Serão oito áreas no total com tempos de referência, que vão de quem corre 4min30 ou menos por quilômetro e indo até quem tem ritmo de oito minutos ou mais por quilômetro.

O objetivo é tornar a largada a mais tranquila possível, facilitar a fluência dos corredores e, enfim, aumentar o conforto dos participantes. O tiro de partida será dado em frente ao MASP, na Avenida Paulista, 1.578. As áreas de largada não devem ser encaradas como uma imposição, mas apenas como uma sugestão de bom senso.

A organização definiu oito áreas com marcadores de ritmo (minutos por quilômetro): 4min30 ou menos, 5min, 5min30, 6min, 6min30, 7min, 7min30 e 8min ou mais.

A prova deste ano terá os seguintes horários de largada: 15 horas – cadeirantes e handcycle (masculino e feminino); 15h05 – outras categorias de atletas com deficiência; 16h30 – elite feminina; e 16h47 – elite masculina e demais categorias. O percurso é o mesmo das últimas temporadas, com total de 15 quilômetros. A largada será dada em frente ao Masp (Avenida Paulista, 1578) e a chegada ocorrerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero (Avenida Paulista, 900).

Os kits dos atletas serão entregues nos dias 27, 28 e 29, das 9 às 19 horas, e no dia 30, das 9 às 17 horas. O material, como sempre, não será entregue no dia da prova, nem após a mesma.

A São Silvestre é uma realização da Fundação Cásper Líbero e promoção da Gazeta Esportiva Net e Rede Globo. A prova tem patrocínio da Caixa, Wizard, Oi e Sedex, com apoio de HCor, Montevérgine, Sabesp, Gatorade e Café 3 Corações, e apoio especial do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura de São Paulo. A supervisão é da CBAt, FPA, IAAF e AIMS.

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin