Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 16/02/2009 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Paulistas vencem Sesc Triathlon em Caiobá, no Paraná

No último domingo (15) aconteceu no Balneário de Caiobá, litoral paranaense, a 21ª edição do Sesc Triathlon Caiobá, prova que teve vitória de dois atletas de São Paulo. Entre os homens Fábio Carvalho surpreendeu e conquistou o primeiro posto, enquanto entre as mulheres Mariana Ohata faturou seu quarto título.

Fabinho disputou sua terceira prova consecutiva, já que no dia primeiro de fevereiro ajudou o Brasil a conquistar o título do Mundialito de Fast Triathlon no Guarujá e no dia oito chegou em terceiro no Triathlon Internacional de Santos. “Vim sem compromisso, muito tranquilo. Estava cansado, vim de duas provas dificílimas. Porém, foi mesmo na corrida que vi que poderia vencer. Puxei fôlego do fundo do baú e parti para cima”, relata o atleta de 29 anos que fechou com o tempo de 1h52min36.

A segunda colocação ficou com Bruno Matheus, de 22 anos e a terceira com o jovem João Alfredo Morgado, de 20 anos, uma das promessas paranaenses. Juraci Moreira, que também esteve no Mundialito e no Internacional, era um dos favoritos ao título, mas terminou na sétima colocação.

”Como havia muitos atletas e o local da prova era estreito, não fiz uma boa largada, porém fiquei entre os primeiros na natação e me mantive o tempo todo no primeiro pelotão do cliclismo”, comenta Bruno, que iniciou a corrida em primeiro lugar, mas tinha seus adversários logo atrás “Antes de completarmos a primeira volta, o Fabio e o João me ultrapassaram, mas na última volta consegui passá-los”, completa o triathleta, que no último quilômetro foi ultrapassado por Fabinho.

Feminino – Entre as mulheres Mariana ohata conquistou seu quarto título após fechar os 1,5 quilômetros de natação, 40 de ciclismo e 10 de corrida com o tempo de 2h07min36. A segunda colocada foi a campineira Vanessa Gianinni e a terceira a catarisense Gisele Rodrigues Bertucci.

“A natação foi o ponto forte da minha prova”, comemora Mariana que foi a segunda colocada no Internacional de Santos semana passada. “Venho de duas lesões e por isso fiquei dois meses sem poder correr e pedalar. Valeu a pena o esforço, pois nestas duas modalidades, minha corrida foi moderada”, completa a triatlheta que agora se prepara para competir no Ironman Brasil.

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin