Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 24/07/2010 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Obesidade e sobrepeso: o que você pode fazer para evitá-los

A Obesidade é uma condição crônica que se caracteriza por um excesso de gordura acumulada no corpo. Diagnostica-se a obesidade por uma medida de parâmetro populacional chamada Índice de Massa Corporal (IMC). O Índice de Massa Corporal é uma formula utilizada para medir a obesidade adotada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). É o padrão internacional para avaliar o grau de obesidade.

Vamos calcular o seu IMC?

Por exemplo, se o seu peso é 80 Kg e a sua altura é 1,80, a fórmula ficará:

IMC = peso em kg (80) / altura em cm (1,80) x altura em cm (1,80)

IMC = 80 ÷ 3,24

IMC = 24,69

Confira nas tabelas abaixo:

Tabela de IMC para Mulheres

Abaixo do peso – abaixo de 19

Normal – de 19 a 23,9

Obesidade leve – de 24 a 28,9

Obesidade moderada – 29 a 38,9

Obesidade grave ou mórbida – acima de 39

Tabela de IMC para Homens

Abaixo do peso – abaixo de 20

Normal – de 20 a 24,9

Obesidade leve – de 25 a 29,9

Obesidade moderada – 39 a 39,9

Obesidade grave ou mórbida – acima de 40

Por que preocupar-se com a obesidade?

Tanto o sobrepeso como a obesidade colocam o coração numa situação de verdadeira “pressão”. Essa alta sobrecarga no músculo cardíaco, originária da obesidade, pode aumentar a possibilidade de doenças sérias, tais como:

– DIABETES

– DOENÇAS CARDÍACAS

– PRESSÃO ARTERIAL ALTA

– DERRAMES (acidente vascular encefálico)

– CÁLCULOS NA VESÍCULA ? COLESTEROL ALTO (ruim LDL)

– QUASE TODOS OS TIPOS DE CÂNCER

– MORTE PREMATURA

Além de que a obesidade também pode complicar os tratamentos médicos.

O que causa a obesidade?

A obesidade é sumamente complexa e não é somente um problema de força de vontade ou de autocontrole. Em geral são causadas por uma combinação de comer em excesso, falta de exercício e fatores genéticos hereditários.

O sobrepeso e a obesidade ocorrem quando ao longo do tempo, o corpo ingere mais calorias do que se consome. Entretanto, existem algumas pessoas que aumentam o peso de gordura com mais facilidade que outras. A obesidade também pode ser causada por um desequilíbrio hormonal.

Como tratar a obesidade?

Não existe uma pílula mágica, mas há tratamentos eficazes que ajudam a melhorar essa condição. O tratamento adequado é aquele feito a longo prazo com a combinação de: dieta equilibrada, maior atividade física e mudanças no estilo de vida.

Em alguns casos é aconselhável o acompanhamento médico para avaliar o melhor tipo de tratamento.

Mas, a chave para o controle de peso é equilibrar o consumo de energia (ingestão de alimentos) e a quantidade de calorias que o nosso corpo consome (atividade física).

Gastar mais calorias do que consumir

O exercício físico é uma maneira fundamental para fazer isso. Quando você se exercita regularmente, fortalece os músculos, as células musculares passam a gastar mais energia e ao longo do tempo, seu corpo trabalhará com mais eficiencia, tornando-se um bom “gastador de calorias” (ou científicamente ocorre o aumento da taxa metabólica basal) o que resulta no emagrecimento.

Para este passo rumo a uma saúde de ouro acontecer da melhor forma possível, inicialmente é fundamental saber o grau de obesidade (ou sobrepeso) e cuidados para a prescrição adequada de atividade física. Nesse caso, um profissional de Educação Física fará sua avaliação física específica (incluindo o percentual de gordura e análise nutricional) para poder determinar e prescrever os melhores exercícios respeitando a individualidade de cada pessoa.

Vamos lá! Nunca é tarde para começar. Você pode e conseguirá ter uma vida mais saudável e feliz, basta começar!

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin