Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 09/10/2011 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Kona e seus vencedores, Craig Alexander e Chrissie Wellington.

Dois grandes campeões reconquistaram seus títulos como dois dos melhores atletas de Ironman da história. O australiano Craig Alexander e a britânica Chrissie Wellington venceram juntos sete dos 10 títulos disputados nos últimos 5 anos [4 de Wellington e 3 de “Crowie”]. Não bastasse isso, o australiano fez o melhor tempo do percurso de todos os tempos [leia-se, então, recorde] ao estabelecer 8:03:56. Enquanto Chrissie, havia sofrido um acidente de bicicleta há duas semanas em Boulder [EUA]… vemos que isso não a impediu de levar seu quarto título.

 

Competição masculina

Crowie 199x300 Crowie Breaks 15 Year Old Course Record, Wellington Regains Title At Ironman World Championship
Alexander é o primeiro a vencer os 70.3 e Ironman no mesmo ano.

 

O americano Andy Potts foi o melhor na água, nadando os 3.8k de Kailua Bay em 49:44, um minuto mais lento sobre o que havia feito ano passado. Atrás de Potts, um grande grupo, incluindo os maiores favoritos da prova saindo juntos. Contava com 25 atletas, dentre eles Chris Lieto [EUA], Craig Alexander [AUS] e o alemão Andreas Raelert.

A liderança de dois minutos de Potts foi lentamente sendo engolida pelo grupo perseguidor. Lieto, que tem no ciclismo a sua principal força, pegou a liderança ainda mais cedo que na edição passada e comandava a prova na marca de 32 km. No entanto, a liderança não foi permanente. Lieto renunciou sua liderança e voltou a fazer parte do grupo principal.

Com Lieto de volta ao “pelotão”, uma série de atletas, incluindo Faris Al-Sultan [ALE] e Luke McKenzie [NZE], alternaram a posição 1 da prova.  Lieto alimentou o seu caminho de volta à liderança, forçando o ritmo e uma vantagem de mais de cinco minutos sobre McKenzie, Vanhoenacker [BEL – o homem que fez 7h45, o melhor tempo da história da distância Iron] e Craig Alexander.  Alexander, inclusive, demonstrou uma incrível performance na bike, percorrendo os 180 km em 4:24:05.

Nos pirmeiros quilômetros de corrida, Lieto ainda conseguiu segurar a liderança, mas o melhores corredores não estavam tão distantes, deixando-o com poucas chances de vencer. Por volta dos 9 km, Crowie tomou a liderança. O alemão Raelert parecia estar ganhando terreno até Queen K, mas a sua passada, de repente, diminuiu. Enquanto Alexander, não demonstrava nenhum sinal de fraqueza durante todo o dia, fazendo o seu caminho com 51:56 na natação, 4:24:05 na bike e uma maratona de 2:44:02 para vencer e estabelecer o novo recorde do percurso em 8:03:56. O recorde pertencia a Luc Van Lierde, 8:04:08,  durou 15 anos e já tinha a áurea de ser imbatível. Alexander também tornou-se a primeira pessoa a vencer o Ironman World Champioship 70.3 e o Ironman World Championship no mesmo ano.

O australiano Pete Jacobs fez a melhor maratona do dia, 2:42:29, e chegou em segundo lugar com 8:09:11. Raelert conquistou merecidamente a terceira posição no pódio e fechou com 8:11:07.

 

Competição feminina

Chrissie 199x300 Crowie Breaks 15 Year Old Course Record, Wellington Regains Title At Ironman World Championship
Wellington conquistou o seu quarto título.

 

A competição feminina começou com a americana Amanda Stevens e a britânica Julie Dibens fazendo parte do grupo principal masculino, dando uma grande vantagem sobre as outras mulheres. A grande notícia do início foi a performance abaixo do esperado na água da mulher três vezes vencedora de Kona, Chrissie Wellington. Ela saiu da natação na 17a. posição em 1:01:03, mais de seis minutos mais lentos de quando ela venceu pela última vez, em 2009.

Com uma ciclista muito forte saindo da água numa boa posição, havia alguma esperança da parte de ciclismo definir a prova. Dibens rapidamente ultrapassou Stevens e fugiu, colocando uma distância de quase seis minutos sobre a vice-campeã de 2010, a suíça Caroline Steffen, na marca de 67 km. Naquela altura, as duas corredoras mais rápidas, Mirinda Carfrae [vencedora de 2010] e Chrissie Wellington, estavam 10 minutos atrás. Dibens continuava construindo a sua liderança, chegando na T2 a 11 minutos de frente sobre Steffen. Dibens estava na frente e nem lembrava da contusão no pé que vinha incomodando desde junho no Ironman Coeur d’Alene. Mas, na corrida, com o tempo, esta contusão voltou a atormentar e ela se viu forçada a andar, ainda quando liderava a prova.

Steffen tomou a liderança, não por muito tempo. Chrissie Wellington terminava o ciclismo em sexto e chegava à liderança aos 25 km de corrida. Demonstrando toda a sua energia outra vez e correndo a passos largos para o seu quarto título.  O tempo? 8:55:08. A australiana Mirinda Carfrae, a defensora do título, mais uma vez, fez a sua trajetória na corrida e conquistou o segundo lugar em 8:57:57. Ela também bateu o recorde da maratona [pelo terceiro ano consecutivo] e fez em 2:52:09. E Leanda Cave [GBR] conquistou a sua melhor posição, terminando a prova em terceiro com 9:03:29.

 

Ford Ironman World Championship

Kailua-Kona, Hawaii – Oct. 8, 2011
2.4-mile swim, 112-mile bike, 26.2-mile run

Homens
1. Craig Alexander (AUS) 8:03:56
2. Pete Jacobs (AUS) 8:09:11
3. Andreas Raelert (GER) 8:11:07
4. Dirk Bockel (LUX) 8:12:58
5. Timo Bracht (GER) 8:20:12

Mulheres
1. Chrissie Wellington (GBR) 8:55:08
2. Mirinda Carfrae (AUS) 8:57:57
3. Leanda Cave (GBR) 9:03:29
4. Rachel Joyce (GBR) 9:06:57
5. Caroline Steffen (SUI) 9:07:32

 

Fonte: ABC News

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Artigos Relacionados

Highslide for Wordpress Plugin