Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 14/01/2010 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Impacto naturalmente saudável para suas pernas

Você algum dia pensou que o impacto em suas pernas durante uma corrida de dez quilômetros pudesse ser simplesmente, saudável?

Pois é, existe uma estreita relação entre a musculatura e ossatura em nosso corpo com uma necessária quantidade de impacto. No momento que seu pé toca o solo, acontece uma mudança na polaridade óssea e, por conseqüência desta mudança, promove maior absorção de cálcio pelos seus ossos, fortalecendo-os mais ainda (efeito Piezoeletrico).

Mas, como para tudo existe uma regra, esta situação valerá, especialmente, para as pessoas que estiverem no peso ideal. Faça as contas e comece a correr com os devidos cuidados, e absorva mais cálcio.

Uma pessoa que tem como peso ideal algo em torno de 60 kg, o impacto gerado em sua ossatura depois de um determinado ritmo (velocidade) de corrida será aproximadamente 120 kg em cada toque com o solo. Se o ritmo da corrida aumentar, então este peso corporal poderá ser algo em torna de 180kg. Como é isto?

Bom, explicando cientificamente, a velocidade do corpo, mais a aceleração da gravidade na hora em que o corpo desce da altura que atingiu em relação solo, transforma em vezes 1.5, 2, 3…

Só pra ilustrar: Um saltador de Salto Triplo, na hora do primeiro salto, pode causar em sua ossatura algo em torno de 15 vezes o seu peso corporal. Incrível, não é? Pois estamos falando em algo assim como 1.500 kg, para uma pessoa com seus 100 kg de peso (mil e quinhentos quilos).

Para nós mortais vale a conta de uma vez e meia e duas e meia para o peso corporal, onde neste caso está se promovendo a saúde. Mas, e se estamos acima do peso ideal? Cada quilo a mais em nosso corpo significa alguns quilos adicionais, então pense se você está com algo em torno de 10kg ou 20kg a mais…

Serão mais 20kg ou 40kg em cima de uma estrutura adequada a 120 kg. Em casos atléticos, em que a musculatura recebe um treinamento mais avançado, esta sobrecarga, agora considerando que o atleta aumentou muito a sua massa muscular e por isso ela está mais pesada, a ossatura deverá receber bem este acréscimo, por conta deste músculo mais forte e a sua sustentabilidade em força muscular aumentada (coordenação e propriocepção).

Corra com critérios, corra macio, e suas pernas agradecerão para sempre.

 

Miguel Sarkis, autor do livro “A Construção do Corredor“,  é o mais novo colunista do ativo.com e escreverá regularmente com  dicas de corrida, qualidade de vida e bem-estar.

Para acompanhar Miguel Sarkis: http://blog.miguelsarkis.com.br/

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin