Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 23/05/2011 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Como o Pilates beneficia o praticante de atividade aeróbica

Com a elaboração de estratégias específicas, o Pilates pode acrescentar muitos benefícios aos praticantes se combinado a uma atividade aeróbica

As atividades aeróbicas geralmente são coletivas, deixando os alunos mais a vontade pela sociabilização do grupo, interferindo diretamente na resposta que o corpo atinge, desde a melhora da aptidão física até diminuição dos sintomas de baixa autoestima.

Precisar a perda de calorias numa aula de Pilates é bem difícil, pois as aulas têm objetivos diferentes a cada dia, mas normalmente consideramos uma média de 400 calorias por sessão, que varia de acordo com o objetivo de cada aluno.

O Pilates, por sua vez, tem um foco diferente das atividades aeróbicas, mas pode complementar muito o trabalho, melhorando a consciência corporal durante os exercícios combinados com a respiração e postura, porém, de acordo com o nível do praticante ou a frequência semanal, pode ocorrer perda de peso.

Principalmente se o praticante optar pela aula de Mat Pilates, pois nessa aula não há intervalos entre as séries e, com isso, tornam-se um pouco mais intensas. Por outro lado, essa perda depende muito mais do condicionamento e metabolismo de cada praticante.

Veja abaixo os principais benefícios do Pilates combinado a uma atividade aeróbica:

– Melhora da postura.

– Ganho de consciência corporal.

– Alívio de tensões e dores.

– Prevenção de lesões.

– Força e estabilidade do centro.

– Músculos tonificados e alongados.

– Aumento do condicionamento físico.

– Aprimoramento da coordenação e do equilíbrio.

– Aumento da autoconfiança.

Embora não seja uma prática comum entre as aulas, podemos elaborar a aula com estratégias de intensidade que podem favorecer o praticante, usando alguns exercícios que elevem a frequência cardíaca.

Um acessório que contribui para atingir resultados como o trabalho aeróbico e variar um pouco a dinâmica das aulas é a plataforma de salto que se encaixa no Reformer, chamado de Jump Reformer. Ela proporciona ludicidade na aula e um desafio cardiovascular maior por fazer com que o aluno não descanse entre os saltos, exigindo assim maior ativação de pernas, braços ou abdome (varia de acordo com a quantidade de molas e a posição no equipamento). Para um aluno que normalmente pratica uma atividade aeróbica será uma ótima opção ter esse tipo de ferramenta para aplicar em suas aulas.

Temos que pensar sempre que o Pilates cria uma sensação agradável de relaxamento e bem-estar ao final das aulas, nos dando mais “pique” para executar as tarefas diárias e nos motivando a procurar exercícios mais específicos para o emagrecimento.

Independente da modalidade, o Pilates consegue desenvolver grupos musculares que são requisitados durante as diversas atividades físicas, condicionando e proporcionando mais consciência corporal.

Os exercícios em uma aula visam à qualidade do movimento e o número de repetições. Lembrando que a prática do Pilates deve ser feita duas ou três vezes por semana. O método deve ser sempre executado com o acompanhamento de um profissional da saúde e qualificado pelo método.

www.ativo.com

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin