Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 22/06/2007 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Cláudio Clarindo e Paterlini fazem história na RAAM

Os dois ciclistas santistas Cláudio Clarindo e Júlio Paterlini fizeram história na madrugada desta sexta-feira (22/6) na Race Across America (RAAM), uma das mais duras provas de endurance do mundo, que corta os Estados Unidos de costa a costa. Pela primeira vez, dois atletas brasileiros conseguiram completar o desafio na categoria solo (individual) e fizeram uma dobradinha com a conquista do 11º e 12º lugar na prova, depois de 4.897 km de desafios non-stop.

Cláudio Clarindo (Unilus, A Tribuna e Ciclovece), de 30 anos, precisou de 11 dias, 18 horas e 4 minutos para finalizar uma das mais famosas provas de longa distância do Ciclismo mundial, ficando com a 11ª colocação. Júlio Paterlini (Sundown, Memorial, Epic Line, Cateye, Profile, PowerBar e Prefeitura de Santos), com 41 anos, cruzou a linha de chegada pouco tempo após Cláudio, com 11 dias 20 horas e 25 minutos de prova e a 12ª colocação.

Em gande parte da prova os dois brasileiros travaram uma disputa “verde e amarela”, e em muitos momentos ficaram com diferença de poucas horas ou mesmo minutos entre eles. A RAAM teve início no dia 10 de junho na Califórnia, e dos 24 ciclistas que largaram na categoria solo cinco desistiram. Dos 19 restantes 12 já completaram a prova, e há ainda sete bikers tentando cruzar a linha de chegada, pedalando no limite da exaustão.

Equipe Vencendo Desafios Team Brazil também completa a RAAM

Na disputa em equipe de quatro na RAAM, que teve largada no último dia 12, os ciclistas Milan Marcio, Joaquim Martins, Miguel Carmo e Francisco Souza Silva, do Vencendo Desafios Team Brazil conseguiram também finalizar a prova, conquistando a 13ª colocação, depois de 8 dias, duas horas e 42 minutos.

O esloveno Jure Robic conseguiu na última terça-feira (19) a façanha de ser consagrado tricampeão da Race Across America (RAAM). Dois austríacos conquistaram as duas outras posições no pódio, com Wolfgang Fasching em segundo, depois de 8 dias, 23 horas e 20 minutos de prova, e Gerhard Gulewicz em terceiro depois de 9 dias, 1 hora e 4 minutos de pedal.

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin