Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 24/10/2008 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Brasileiro espetacular agita Fortaleza neste sábado

Grandes feras do triathlon nacional estarão em ação neste sábado na segunda e decisiva etapa do Campeonato Brasileiro de Triathlon de Longa Distância, que terá largada às 7 horas, na Barraca Hi-Life, em Cumbuco, Caucaia, Fortaleza (CE).

Brigarão por um lugar no pódio, dentre outros, os atletas da seleção brasileira Mariana Ohata e Reinaldo Colucci, que disputaram recentemente a prova de triathlon da Olimpíada de Pequim. A prova terá 3 km de natação, 80 km de ciclismo e 20 km de corrida.

“Teremos também Guilherme Manocchio, Antônio Marcos da Silva, tricampeão brasileiro de triathlon olímpico; Wesley Rebouças Mattos, do CNTT/Vila Velha”, destacou Tércia Figueiredo, diretora da federação do Ceará.

Em grande fase, Ana Lídia Borba, que representa Santa Catarina, afirma que está motivada. “As expectativas são boas, especialmente pelo nível técnico da prova. Andei super bem na 1ª etapa e consegui fazer as melhores parciais. Apesar de esperar uma prova bastante difícil em Fortaleza, vou brigar pelo título”, afirmou Ana Lídia vencedora da primeira etapa.

Guilherme Manocchio, atual campeão brasileiro de longa distância, considera prudente não exagerar no início da prova. “Por, justamente, ser em Fortaleza, onde o clima é muito quente, devo me preparar para não exagerar no ritmo no início da prova e conseguir competir bem pelas quatro horas que duram o evento”, disse.

Na sua avaliação, a corrida será a etapa mais decisiva. “Acho que o ritmo diminuirá muito nessa etapa. Quem correr bem deverá lutar pelas primeiras posições”, comentou.

Já o melhor sub-23 da primeira etapa, Felipe Manente acredita que o ciclismo será a etapa mais decisiva. “Como em toda prova de longa distância, o ciclismo será decisivo por não haver o uso do vácuo, um pouco diferente da prova olímpica, onde o ciclismo não é tão importante pela presença do vácuo. Nessa prova a corrida terá mais importância do que em outras provas longas, por causa do terreno altiplano e da temperatura”, avaliou.

A primeira etapa, realizada em Meaípe, Guarapari, em março deste ano, venceu na categoria masculina de elite Antônio Marcos da Silva (Foto) com 3.40:28, em segundo ficou Guilherme Manocchio com 3.45:09 e em terceiro Igor Amorelli 3.46:30. Na categoria de elite feminino quem venceu foi Ana Lídia Borba (Foto) com 4.13:06, em segundo ficou Rita Correia 4.29:21 e em terceiro ficou Cintia Gama com 4.35:24. Na segunda etapa, Igor e Cíntia, contundidos, não participarão.

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin