Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 29/02/2016 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Por quê correr não está me fazendo emagrecer?

* Este texto é uma tradução livre da postagem “If You Want to Lose Weight From Running, Read This“, escrito por Jenny Sugar.

 

Imagem: http://karaminholas.zip.net/arch2008-07-01_2008-07-31.html

Imagem: http://karaminholas.zip.net/arch2008-07-01_2008-07-31.html

Você começou a correr há alguns meses e mesmo assim quando sobe na balança, se deprime com os resultados. O que é preciso? Enquanto correr queima quantidades estupendas de calorias, está aqui algumas das razões de você não estar tendo os resultados que almeja.

Queimar toneladas de calorias podem causar uma sensação recompensatória, mas é importante repor de forma sábia. A escolha de “porcarias” como alimentação de recuperação não faz só você colocar calorias demais como também lhe deixará com fome dentro de uma hora. É importante lembrar que um lanche pós-treino é essencial, contanto que tenha um conteúdo de proteínas e carboidratos que não excedam 150 calorias. Se você treinou antes de um treino, se farte com uma porção generosa no prato e não vá colocando alimentos como se fossem prêmios do seu esforço. Se você está terminando completamente faminto, é muito provável que você precisa se alimentar melhor antes do seu treino, procure um bom nutricionista que consiga incluir os alimentos necessários no seu dia.

Se você está correndo e não está vendo resultados, pegue seu calendário e dê uma olhada. Para perder meio quilo por semana, é preciso cortar 500 calorias todo dia, combinando dieta e exercício. Some, pelo menos, 150 minutos/semana de treino. Se correndo, você ainda não consegue completar esse tempo, é recomendável procurar uma atividade complementar à corrida, como musculação, treino funcional, natação, ciclismo… desde você consiga respeitar o seu limite. Lembre que se você ainda não conseguir sustentar 150min/semana com a corrida pode ser um sinal de condicionamento geral baixo e é importante que a atividade que vá complementar esse tempo não exceda na sua duração ou frequência semanal.

Agora, visualize a situação: você acaba de chegar de uma corrida, coberto de suor e está convencido de que queimou mais de 500 calorias. Mas, você realmente perdeu esse tanto? Uma mulher de 68 kg irá queimar 495 calorias numa corrida de 45 minutos e com ritmo médio de 6’15”/km. Se você não está correndo nessa duração ou nessa velocidade, então você não está queimando a quantidade de calorias que você pensa estar deixando no treino. Por isso, é legal monitorar seu treino com frequencímetro e/ou até aplicativos que você consegue no celular.

Se você descobriu um ótimo percurso de 5 km na sua vizinhança, correr algumas semanas nele pode ajudar a se tornar um hábito. O problema está exatamente na continuidade do mesmo treino. Seus músculos se adaptam rapidamente de acordo com o estímulo que você dá, o que inevitavelmente pode lhe colocar num platô de perda de peso. Evite isso balanceando os treinos: colocando treinos intervalados, subidas, corridas longas e curtas, e experimente novos terrenos, deixando seus músculos continuamente se fortalecendo. Nossas planilhas e nossos treinadores estão alinhados com essa metodologia, aliando ao treinamento em conjunto com outras pessoas, que melhoram ainda mais o ambiente do treino.

Imagem: http://karaminholas.zip.net/arch2008-07-01_2008-07-31.html

Imagem: http://karaminholas.zip.net/arch2008-07-01_2008-07-31.html

Correr é uma das melhores formas de tonificar a musculatura e ajuda a diminuir a quantidade de gordura corporal. O tecido muscular é mais denso que o gorduroso, portanto precisa de menos espaço. Isso significa que enquanto seu peso não está diminuindo (e, às vezes, até aumentando), outras medidas corporais estarão sendo transformadas, tais como circunferência, tamanho do manequim ou, em outras palavras, “o formato do seu bumbum”. O número na balança não é sempre a melhor referência de monitorar a sua progressão. Mesmo a balança não mudando nada, você pode estar vestindo um número menor de calças! E isso é um sinal de evolução.

A Zonaalvo está promovendo esse mês o Zonaalvo na Medida, levando em consideração além do peso, a circunferência abdominal e do quadril, bem como a frequência aos treinamentos. Por isso, contamos com a sua participação em todos os treinos e estamos dispostos a lhe ajudar nos treinos.

 

 

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin