Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 21/08/2013 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

O treinamento, o tempo e a paciência

DSC_6373_editado-1

Mantenha a motivação em alta!

Por Breno Leal

Vivemos numa sociedade que urra por resultados cada vez mais instantâneos. A cada projeto que nos colocamos, mais rápido queremos que ele seja feito. Talvez, isso dê certo em alguns aspectos de nossa vida – a bem da verdade, parece não ser tão comum. Acontece que quando falamos do nosso corpo, precisamos dá-lo um pouco de tempo para adaptá-lo à essa realidade.

Quando entramos num programa de treinamentos, já visualizamos o objetivo. Ter objetivo é um dos melhores – se não o melhor! – estímulo para que as pessoas permaneçam numa atividade, qualquer que seja a proposta. O problema está, na verdade, na antecipação desse objetivo. Às vezes, por querer que o resultado venha logo, fazemos as coisas à qualquer custo e sem mensurar o tamanho do efeito que isso pode causar. Ok. Foi falado da antecipação, mas também há o contrário: o adiamento do objetivo, que também pode ter efeitos negativos no seu treinamento.

É muito comum vermos pessoas que nunca fizeram alguma atividade física, entrarem num grupo de corrida e visualizar a conclusão de uma maratona. O que, de fato, é um ótimo objetivo. Contudo, é preciso pesar diversos fatores para saber quanto tempo levará para a execução dele.

O exemplo referido foi a maratona. Mas, isso pode ser levado em conta para todo tipo de atividade (desde completar 1km correndo à fazer um Ultraman!). Nós, da Zonaalvo Assessoria, como trabalhamos com corrida, triatlo, ciclismo e natação, voltaremos nossas atenções para essas atividades. Claro que com a leitura desse texto, você pode levar para qualquer tipo de esporte que esteja praticando ou pensando em praticar.

Adaptação
Para toda atividade, há uma adaptação. Por exemplo, a adaptação ao impacto da corrida pelas estruturas músculo-esqueléticas (ossos, músculos, ligamentos e tendões) leva de 6 a 12 meses para quem nunca correu. Isso não quer dizer que você não sentirá nenhuma evolução até chegar os 6 meses. Isso quer dizer que não tem como atropelar algumas etapas que respeitam o seu corpo. O impacto no chão causado pela corrida é benéfico para o fortalecimento dos ossos e músculos, ajudando também a prevenir problemas futuros nas articulações. A ideia é conseguir moderá-lo. Por causa disso, todos os treinos não resultam em quebras de recordes e afins. Para os esportes sem impacto com os quais lidamos (natação e ciclismo), o ganho músculo-esquelético vai se dar mais pela intensidade e pela potência que vão ser aplicadas e que são implicadas nestas atividades.
Outro efeito importantíssimo é no sistema cardiorrespiratório (coração, vasos sanguíneos, pulmões). Nesse sistema, o efeito significativo leva de 3 a 6 meses. O fortalecimento do coração e melhora na capacidade de bombear o sangue para o corpo assim como a melhora na ventilação pulmonar e na capacidade de utilização do oxigênio, além de dar maior suporte para o ganho músculo-esquelético,  fazem com que a atividade física seja o melhor remédio para o sedentarismo e a manutenção de uma vida saudável.

Agora, se você já está treinando há um tempo e está sem um objetivo claro ou não consegue estar na prova que esperava estar e por isso adia o objetivo, é bem provável que o seu estímulo esteja baixo para correr. Com isso, pode acontecer o destreinamento. A postergação do objetivo no treinamento leva também, quase que inconscientemente, à diminuição nos volumes e intensidades nos treinos. Isso, por um período, pode até ser bom, afinal o descanso do corpo é uma das premissas para melhor adaptação do corpo. Entretanto, se for levado à cabo e por um período mais prolongado, o corpo já não estará mais na forma que estava anteriormente e o treinamento, continuando em baixa intensidade e volumes pequenos, não estará mais trazendo alterações no seu organismo.

Treine, continue treinando
Portanto, é bom manter o foco e traçar um objetivo logo. O objetivo pode ser emagrecer ou ganhar uma melhor forma muscular como também o de conseguir subir aquela ladeira intransponível ou nadar por mais de 1 minuto sem parar. A escolha vai depender de você. Mas, se estiver com dificuldade em estabelecer um, fale com o seu professor.

Tenha em mente que quando você entra num programa de treinamentos, você pode acabar entrando numa atividade que fará parte da sua vida, da sua rotina. Na hora de escolher e praticar o exercício, pese na balança o investimento que você vai fazer no seu corpo e na sua vida. Sempre que você entra numa atividade física, pode ter certeza, sua vida vai mudar. Pode ser a coisa mais simples, como acordar um pouco mais cedo do que quando não fazia nenhuma atividade.

É muito importante para quem já visa um objetivo e que faz há algum tempo essa atividade (por exemplo: correr), respeitar a planilha que está programada. Se você faltou um treino e quer repor, consulte o seu professor como vai ser isso. Saiba que a semana é toda distribuída em intensidade e volume para uma melhor adaptação. Se você não foi treinar durante toda a semana, não caía na tentação de na outra semana fazer mais treinos do que está habituado a fazer semanalmente. Imagine: se normalmente saudável, você treina três vezes na semana. Falta uma semana completa, o que já causa um destreinamento, você vai treinar cinco vezes na outra semana! Imagine o desgaste que o seu corpo vai ter para conseguir se reorganizar para essa sobrecarga sem estar treinado!

Treine, com paciência as recompensas virão

Treine, com paciência as recompensas virão

Às vezes, queremos resultados rápidos e visíveis. E, às vezes, juramos que não está acontecendo nada com os treinos. Mas, faça um exercício legal: pegue a sua performance ou mesmo a sua composição corporal (peso, índice de massa gorda) de 3 meses atrás e compare. Se você não está vendo evolução e até está vendo uma involução, investigue a causa, não se dê por vencido(a). E outra vez, converse com o seu professor. A Zonaalvo disponibiliza uma equipe pronta para atender essas causas.

Para terminar, tenha paciência com seu treinamento. Dê tempo para que traga o resultado que você tanto almeja. Use o tempo à seu favor e não deixe o treino se tornar um verdadeiro martírio para você e para quem está à sua volta.

Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin