Esqueceu a senha? Sistema antigo
expand Área do Aluno


Publicado em 06/05/2011 por Zonaalvo Assessoria Esportiva

Fala, Kariny!

“Mas o que na verdade é superação? Superação é enfrentar o medo, quebrar paradigmas, encarar o desafio de peito aberto, mesmo que dentro desse peito exista um coração acelerado de tanta emoção e ansiedade…

Sim, eu pude, eu quis, eu consegui… Cruzei a linha de chegada de mãos dadas com a minha filha que se “esgoelava” chamando mamãe e ouvindo os gritos dos amigos da Zona Alvo que fizeram efetivamente parte dessa vitória.

Bom, até janeiro desse ano eu não sabia nadar, mas devido a uma lesão no calcanhar que me impossibilitou de correr por um tempo, resolvi encarar a natação como exercício aeróbico, dessa forma eu não perderia o condicionamento… Quando me dei conta, estava na piscina olímpica, depois treinando no mar. E num determinado dia entrei na Barcellos pra comprar um par de tênis e me inscrevi na prova de duathlon aquático, que aconteceu sábado, dia 30/04.

O tal dia chegou (30/04/11) é dada a largada… O pânico do mar não saía da cabeça, mas estava sem jeito, precisava enfrentar esse obstáculo, afinal de contas, pessoas muito especiais esperavam do lado de fora…

Perdi o sentido e a direção, me perdi no mar e o percurso de 750m se multiplicou, mas em nenhum momento passou pela cabeça em desistir e sim concluir. As bóias que sinalizavam o percurso já estavam sendo retiradas quando finalmente senti a areia nos meus pés e lá estavam eles : Professores da Zona Alvo, minha filha, meu pai, meu irmão e meu namorado, com câmeras à postos, esperando ansiosos a minha saída…

Segui para o percurso da corrida, com as pernas doloridas pelo esforço feito na água, mas lá fui eu… Corri alguns km “escoltada” pelo meu “teacher number 1″ Zezinho, que me incentivava do outro lado da pista. Cruzei com os ciclistas e amigos que faziam a prova de triathlon e alguns chamavam meu nome, dando muita força. A turma da Zona Alvo que treinava p/ o Iron Man 2011 também esteva por lá, esses davam dicas, motivavam, torciam, enfim… O que era pra ser doloroso, se tornou prazeroso e eu continuava correndo cada metro da prova em êxtase, ainda sem acreditar no que estava acontecendo e na conquista que estava por vir. O nó na garganta em alguns momentos foi inevitável…

Conclui a prova em 1:08, ofegante, pois na reta final o sprint é inevitável. Essa experiência foi indescritivelmente especial!

Meu agradecimentos especiais em 1o lugar à Deus, por me conceder saúde e força. Aos meus pais que acompanham na íntegra cada passo conquistado, a minha filha Bianca, que vibra, se orgulha, me acalma no nervosismo e torce por cada vitória, as amigas queridas e companheiras de treinos (Clube da Luluzinha): Adriana de Vidal (minha dra. rs) seu abraço, suas lágrimas e suas palavras foram de fundamental importância, Silvana Cartaxo, pelos 50m corridos ao meu lado no final do percurso rs, Renata Lima, Flavia Parente, Carolina Militão (minha ídola), Marília Saraiva, Geovanna Barros, Monica Melo, Raquel Aciolly, pelo companheirismo nos treinos, por cada palavra de incentivo, pelos momentos de descontração, pelo carinho e amizade… Aos professores: Rafael Leitão, Mayara Silva, Zezinho Andrade, Raquel Pontes, Bruno Fernandes, Breno Leal, Renato. A toda Zona Alvo, que é muito mais que uma assessoria esportiva, é uma família que prega bons princípios, que cuida dos seus atletas com carinho e zelo e que vibra com cada vitória, por menor que ela seja.

Encerro por aqui, ainda com pernas e braços fadigados, mas com a sensação de dever cumprido e que venham os próximos desafios….

Kariny Holanda”

Por: Hamilton Nogueira

http://blog.opovo.com.br/tempodecorrer/fala-kariny/


Compartilhe

Deixe o seu comentário

Highslide for Wordpress Plugin